capa_constelacaofamiliar22.jpg

CONSTELAÇÃO FAMILIAR SISTÊMICA E ESTRATÉGICA. 
CONHEÇA ESSA TÉCNICA 

Como funciona a técnica de constelação familiar sistêmica e estratégica?
 

A constelação familiar sistêmica e estratégica funciona como uma técnica dentro do tratamento ou como uma técnica complementar, realizada de maneira individual e em três encontros, conforme explicado abaixo:

1º PASSO

Nesse encontro ocorre a obtenção de dados, elaboração do genograma familiar, compreensão do sistema de relacionamentos, fronteiras sistêmicas, descrição de problemáticas, dentre outras técnicas investigativas.

Duração: Aproximadamente 1 hora

2º PASSO

Aqui é realizado o processo de constelação familiar propriamente dito, com o posicionamento dos representantes, desenho do campo familiar e análises sistêmicas direcionadas ao alinhamento.

Duração: Aproximadamente 2 horas

3º PASSO

Orientações sistêmicas e direcionamento psicoterapêutico.

Duração: Aproximadamente 1 hora

É necessário estar em psicoterapia para fazer a constelação familiar sistêmica e estratégica?

Não necessariamente. A pessoa pode fazer apenas o processo de constelação como uma técnica avulsa/ complementar, porém, torna-se fundamental o processo psicoterapêutico pós-constelação.

Qualquer pessoa pode fazer essa técnica?

Não. Dependendo da condição e estado emocional no qual a pessoa se encontra, primeiramente se faz necessário o suporte psicoterapêutico para somente depois orientar para o processo de constelação.

Fazendo apenas uma vez eu já consigo obter mudanças?

A constelação estratégica é considerada uma técnica para lidar com temas específicos, e não um tratamento. Através desse procedimento, a pessoa poderá obter êxitos como: uma maior compreensão de seus sistemas de relacionamentos, ampliação de consciência, novas referências sistêmicas, autoconhecimento, entre outros benefícios. Por consequência, poderá influenciar no jeito de enxergar e interpretar as coisas. Porém, torna-se fundamental estar em tratamento, pois é necessário o suporte psicoterapêutico e o apoio profissional pós-constelação.


UMA TÉCNICA TERAPÊUTICA

A constelação familiar, desenvolvida pelo alemão Bert Hellinger, é uma técnica terapêutica que permite compreender a origem de dificuldades/conflitos atuais (ou do passado), a partir da nossa história familiar. Uma abordagem sistêmica e fenomenológica aplicada considerando os padrões familiares que se repetem ao logo de gerações, e como o indivíduo pode estar atuando mais em função da consciência familiar do que da própria, com isso, tornando-se vulnerável ao adoecimento físico e emocional.

 

A constelação familiar utiliza o fundamento de que determinadas ordens necessitam ser seguidas para que haja um equilíbrio familiar, e, desse modo, se construa a harmonia, e que cada membro ocupe o lugar que lhe corresponde.

Essas ordens (ou leis) são chamadas como; “as ordens do amor”, que são:

 

✓ Pertencimento

 

A família é o primeiro grupo social do qual fazemos parte. Todos os membros têm seu lugar e o direito de pertencer a esse sistema. Quando alguém é excluído, esse sistema entra em desequilíbrio e as características do excluído são assumidas por outro membro da família.

✓ Hierarquia 

 

É a posição que assumimos em um sistema, quem vem antes precede o que chegou depois. Assim, os pais antecedem os filhos, da mesma forma que o filho que nasceu primeiro tem precedência sobre o segundo. Cada um tem seu lugar. Os pais serão sempre grandes e maiores que os filhos.

✓ Equilíbrio entre dar e receber

 

É o que provoca o senso de justiça em um sistema, o dar e o tomar. Para manter o equilíbrio é necessário que todos os membros que dele fazem parte deem e tomem aquilo que lhes é de direito.

Quando uma ou mais dessas leis não são cumpridas ou respeitadas gera-se o que chamamos de emaranhados em nossos sistemas. Esses emaranhados provocam conflitos emocionais, problemas de relacionamentos, doenças psicossomáticas, medos, psicoses, baixa autoestima, problemas financeiros, fracassos etc. Ao olhar para uma situação por meio das constelações, o constelado (cliente) pode obter uma nova perspectiva sobre seu problema, o que leva a uma compreensão mais profunda e curadora, ocasionando mudanças em si mesmo e no seu sistema familiar consequentemente.

GALERIA DE FOTOS:

O que é a Constelação Familiar Sistêmica com Bonecos?

O trabalho das constelações com uso de figuras (bonecos) e objetos oferece uma metodologia direta e simples. Os bonecos são uma forma de representar as relações familiares que estão sendo consteladas, de maneira individual (presencial ou online). Com ajuda do terapeuta, o cliente coloca em um campo as figuras que vão representar a família. Esses objetos são dispostos de acordo com a dinâmica de seu sistema familiar.

É UM MÉTODO PRÁTICO, EFICAZ E SEGURO

SINL7189_edited.jpg